DEM abre debate interno sobre participação no governo federal

A discussão foi proposta pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado

O Democratas abriu o debate interno sobre a participação oficial do partido no governo federal. O assunto voltou a ser discutido ontem (13), na reunião da Executiva Nacional, por sugestão do governador de Goiás, Ronaldo Caiado. “Propus que a partir do dia de hoje nós possamos avançar nessa reflexão”, afirmou Caiado.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, concede entrevista coletiva – Antonio Cruz/ Agência Brasil
Mesmo sem integrar formalmente a base do governo federal, o partido tem três ministros – Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde). Além disso, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (AP), vêm trabalhando alinhados com o Palácio do Planalto.

A expectativa do presidente do DEM, ACM Neto, é que essa definição saia antes da Convenção Nacional do partido, marcada para o final do mês de maio.

ACM Neto durante cerimônia de posse na Câmara Municipal (Valter Pontes/ Agecom Salvador) – Valter Pontes/ Agecom Salvador
Para ACM Neto, a legenda tem um papel maior: discutir como o Executivo pode construir a maioria necessária para avançar nas reformas estruturais. Segundo ele, o DEM está disposto a ajudar nessa articulação e a trazer partidos para a base governista.

“É natural que um governo que chegou agora tenha um prazo para fazer os ajustes, tenha um tempo para organizar as coisas”, disse ACM Neto. “Ainda está em tempo de organizar.”

Foto 1: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Compartilhe em suas redes sociais!

Deixe um comentário